quarta-feira, 24 de março de 2010

Risoterapia

Hoje na José Estêvão houve uma sessão de risoterapia, posso dizer que nunca me tinha rido tanto em tão curto espaço de tempo. E mais, o nosso grupo era tão fixe que até nem conseguimos acabar um exercício porque nos estávamos a rir , mas a rir mesmo muito. Depois disto fiquei super cansada e estou para cair para o lado . Ah! e dói-me a barriga .

(foi mais ou menos assim)

segunda-feira, 22 de março de 2010

Um Dia Destes

Este post é só para as pessoas que ainda não descobriram de onde o nome do meu blog vem . Pois bem , vem da música dos Da Weasel e pois claro intitulada de Um Dia Destes .

Um dia destes
quando eu ganhar juízo
Conto-te a história de uma vida levada de improviso
Pode ser que deite a cabeça no teu regaço
E aprenda a derramar uma lágrima por cada passo - errado
Sei que tenho Deus do meu lado
Mesmo quando não parece
Ele está presente, não carece de uma prece
Que lhe apresse o julgamento
O discernimento superior está para além do nosso entendimento
E pode ser que nesse dia diga que te amo
Perca o medo de te falhar assuma prejuízo e dano
As minhas cicatrizes só mostram o superficial
E nisso podes crer que eu sou um amador profissional
Ou antes um amante, consoante a variante
Do pouco que eu sei eu sei que já perdi bastante
quero ser uma constante na equação da tua vida
conta com 21 gramas de peso e medida
Um dia destes


Pode ser que seja hoje
Pode ser que hoje não
Pode ser que o destino se arme em brincalhão
Pode ser que ganhe um passe ou vá directo para a prisão
sem passar pela partida e ganhar o meu quinhão
Pode ser que ganhe juízo
Pode ser de improviso
Pode ser que arranje um guizo
para seguir o (teu) sorriso
Pode ser que seja hoje
Pode ser que hoje não
Pode ser que o destino se arme em brincalhão


Um dia destes
Pode ser que seja hoje, seja hoje então
que eu abro mão do meu coração de ladrão
Homem de lata e leão
perdido num sonho tecnicolor de outra dimensão
do faz-de-conta
Com as verdades que vou negando com brincadeiras
Com as promessas que vou achando serem verdadeiras
No final do dia deixam todas um sabor amargo
No final do beijo, do cortejo, do desejo
Quando eu abro o lençol, ele é fantasma de caras
anjos e fadas, rainhas raras
Sempre perto da loucura, sempre sol de pouca dura
Eu meto água na fervura disfarçando com brandura
Eu - tenho medo que o feitiço vire o feiticeiro
Eu tenho medo que desta vez partas tu primeiro
Tenho tanto medo que talvez compre um rafeiro,
perca o medo de uma vez e te ganhe por inteiro
Um dia destes


Pode ser que seja hoje
Pode ser que hoje não
Pode ser que o destino se arme em brincalhão
Pode ser que ganhe um passe ou vá directo para a prisão
sem passar pela partida e ganhar o meu quinhão
Pode ser que ganhe juízo
Pode ser de improviso
Pode ser que arranje um guizo
para seguir o (teu) sorriso
Pode ser que seja hoje
Pode ser que hoje não
Pode ser que o destino se arme em brincalhão

Da Weasel

quinta-feira, 18 de março de 2010

O cooper não é aconselhado a pessoas tipo eu...


Não fui feita para correr 12 minutos . Agora estou aqui a morrer . É muito engraçado . Acho que vou seguir o conselho do Lucas, encher a banheira com cubos de gelo e ir lá para dentro . Deve ser divertido . Aconselham-me ?



Adeus.

sábado, 13 de março de 2010

ONOGD


(ONOGD-Oficina Não Oficial de Geometria Descritiva)

Ora bem , aqui vos venho apresentar a sociedade mais secreta da José Estêvão, formada por mim , Su , Inês , Lucas , Sara , Francisca (na foto falta a Sara e a Francisca) e claro a professora de G.D.
Nas tardes de terça , brincamos , conversamos , comemos baba de camelo e vá também fazemos exercícios de geometria.
É muito interessante !

domingo, 7 de março de 2010

Vigo (versão completa)

(este vai ser o texto que vou entregar ao professor amanhã)


Dia 11 de Fevereiro, por volta das 8:30h partimos para Espanha, Vigo .

Começei a gostar da visita assim que entrei no autocarro e me sentei, ainda era cedo e já se sentia a euforia, é sempre assim. Jogámos Uno , conversámos , tirámos fotos, ouvimos música, cantámo-las e finalmente chegámos ao destino.

Assim que saimos do autocarro entregaram-nos mapas, agora tinhamos que nos desenrascar sozinhos e conseguimos.

Dirijimo-nos para o passeio marítimo e lá ficámos a almoçar, devo dizer que a companhia das pombas e gaivotas foi muito interessante , foi de tal maneira interessante que até assistimos a uma luta entre elas .

Depois do almoço voltámos para o Museu Marco, onde nos foi indicado um guia. Antes da visita em si, estivémos a “trabalhar” e com o exercício das “palavras-quebradas” deixámos a nossa marca nas paredes do museu. De seguida vimos a exposição de Jorge Barbi do qual eu gostei muito , tinhamos as “caganitas” de pássaro que formavam a forma de pessoas, as instalações (da esfera e dos anos de vida dos animais), as setas nas paredes, o esqueleto de um cão, as fotografias do antes e depois e as fotos de simetria. De uma maneira geral gostei de toda a exposição.

Finalmente entrámos para o autocarro para voltar para Aveiro, já se notava o cansaço, mas mesmo assim fizémos a festa.

Espero voltar a Vigo um dia destes.


Ana Teresa Cruto Dias Pereira Nº3 11ºD

Alice in Wonderland


Ontem fui ver a Alice no País das Maravilhas em 3D , gostei imenso . Adoro o gato , mas é que adoro mesmo , e o chapeleiro obviously ! Mas pronto , todas as personagens estavam super bem feitas , do melhor . Hoje já sonhei com o filme.
Devo dizer que o anúncio do gato fedorento (para a meo) em 3D estava altamente , atiraram-nos com bolas de futebol à cara e afins .
Ah , e tenho uma coisa a dizer :
CORTEM-LHE A CABEÇA !

sábado, 6 de março de 2010

Quem ama sofre, quem sofre luta e quem luta vence.

terça-feira, 2 de março de 2010

Bolacha Maria

Hoje fiquei a saber umas coisas sobre o que acontece na vida de uma bolacha destas . Realmente é muita coisa , não é ?

PARABÉNS LUCAS !




(só alguns vão perceber a razão deste post)