sábado, 9 de janeiro de 2010

O tempo guardou aquilo que nós queríamos que ele não guardasse, o vento levou aquilo que nós queríamos que ele deixasse, tudo foi arrastado numa grande tempestade, mas nada nem ninguem levou e levará o sentimento permanecido dentro de algo que não se pode abater .. Os anos passam, a memória adquere cada vez mais conhecimentos, mais momentos gloriosos , muitos deles desagradáveis muitos deles até demasiado maus , mas os bons ? Esses sim queremos e querem ser sempre relembrados com grande vontade e grande sentimento , grande alegria . Poder gritar cada vez mais , que nada nem ninguém acabará connosco, poder sorrir vezes sem conta .
Tenho orgulho em ter-te como amigo.


[este texto já foi escrito há uns tempos , encontrei-o e aqui está ele]

sábado, 2 de janeiro de 2010

Antes de magoares um coração, vê se não estás dentro dele.